28 de maio de 2021

Golpes e empréstimo: como se proteger

Compartilhe este Post

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no google
Compartilhar no pinterest

O empréstimo pode ser um bom aliado na hora de saldar uma dívida ou fazer um investimento. Mas você sabia que tem que ficar bastante atento para não acabar caindo em golpes. Pensando na sua segurança, reunimos aqui algumas dicas que podem te ajudar a se proteger e emprestar dinheiro de maneira segura, sem riscos. 

1. Cuidado com ofertas grandiosas: 

Sabe aquele velho ditado de que quando a oferta é demais o santo desconfia? Nem sempre isso é verdade, mas é bom ficar atento. Se as condições para o empréstimo forem muito fáceis e você não tiver nenhuma explicação clara sobre o processo, pode ser melhor pesquisar um pouco mais. Tome cuidado com lugares que permitem que você empreste quantias muito altas sem exigir nenhum tipo de garantia em troca. Pesquise bem e busque referências para não correr o risco de cair em uma roubada. 

2. Não deposite nada antes de receber o valor estipulado: 

Desconfie sempre se a oferta de empréstimo exigir que você faça um depósito ou transferência antes de receber o valor estipulado. A maioria das empresas exige alguma garantia em troca do dinheiro emprestado, mas dificilmente pede que você ofereça algum valor antes de liberar o dinheiro. Se alguém te pedir para você transferir ou depositar qualquer quantia como adiantamento do empréstimo, desconfie. 

3. Cuidado com seus dados pessoais: 

Tome cuidado na hora de passar seus dados pessoais para pessoas que você não conhece. Uma coisa é colocar os dados e mandar os documentos diretamente para o site da empresa, outra bastante diferente é receber, por exemplo, um contato de alguém aleatório oferecendo um empréstimo e pedindo dados via WhatsApp, por exemplo. Caso algum contato seja feito por WhatsApp ou telefone, certifique-se que você está mesmo falando com um funcionário da empresa para não correr o risco de cair em um golpe ou ter seus dados utilizados por terceiros. 

4. Não deposite dinheiro em contas de pessoas físicas: 

Se você está pegando o empréstimo de uma empresa, o natural é que você pague essa empresa na conta corporativa, e não na conta de um funcionário ou de uma pessoa física. Fique bastante atento se a conta na qual você pagará o empréstimo estiver no nome de uma pessoa e não de uma instituição. Desconfie e pesquise bem porque pode se tratar de um golpe. 

5. Pesquise a reputação da empresa: 

Dinheiro é coisa séria, e é importante que você não acabe perdendo ainda mais na hora de fazer um empréstimo. Antes de optar pela empresa na qual fará seu empréstimo, pesquise bem, busque informações no Google, tire dúvidas com os funcionários e se certifique de que está fazendo o negócio com uma empresa idônea. 

Se você está precisando de dinheiro de forma rápida e precisa de uma empresa confiável que pode te oferecer isso sem burocracia, você precisa conhecer a Limite Na Hora. Oferecemos empréstimo para negativados e tudo o que você precisa é um cartão de crédito com limite disponível. Quer saber mais? Visite nosso site e conheça nosso processo.  

Compartilhe este post

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no google
Compartilhar no pinterest

Mais para explorar

5 dicas para começar a guardar dinheiro

Não estamos vivendo um período fácil e por isso muitas pessoas tem pensado em começar a guardar dinheiro para ter uma reserva financeira ou até mesmo para investir e fazer...

Empréstimo com cartão de crédito: vale a pena?

Há momentos na vida da gente em que a situação financeira se torna complicada e não há muita solução a não ser pegar um empréstimo. Atualmente existem várias modalidades de...

4 formas de economizar em tempos de pandemia

A pandemia do novo coronavírus alterou bastante o modo como nos relacionamos com dinheiro. Muitos negócios fecharam, pessoas acabaram perdendo o emprego e por isso economizar se tornou uma palavra...